Usina Solar Flutuante

21 de julho de 2015 Usina solar flutuante

Uma tecnologia de baixo custo que pode ser utilizada para evitar a evaporação da água de represas, foi apresentada por engenheiros norte-americanos.

Porém uma empresa japonesa, a Kyocera foi bem mais longe, apresentando sua usina solar flutuante já totalmente pronta e operacional.

Duas usinas solares flutuantes, cobrindo duas lagoas na cidade de Kato. A primeira gera 1,7 MWh (megawatts/hora), e a segunda gera 1,2 MWh – isto é suficiente para abastecer cerca de 1.000 casas. Com 11.256 painéis solares no total, cada um com capacidade de 255 watts.

Segundo a empresa, além de evitar a perda de água das lagoas pela evaporação, painéis solares instalados sobre a água produzem mais energia por causa do efeito de resfriamento induzido pela água – as células solares operam de forma mais eficiente a temperaturas mais baixas.A cobertura também deverá reduzir a proliferação de algas, diminuindo o custo de tratamento da água das lagoas extraída para consumo humano.

Fonte: Portal CIMM

 

Deixe um comentário

Digite os caractéres abaixo

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Rua José Pascowitch, 153 - Raposo Tavares - CEP 06149-070 - Osasco - SP - Telefone: (11) 3508-0900

Consultoria SEO