Oito dados curiosos sobre a eletricidade

25 de abril de 2014 post-eletricidade

– A eletricidade foi descoberta pelos gregos por volta de 600 a.C. Um homem chamado Tales de Mileto descobriu que, ao esfregar um pedaço de âmbar com pano, este atraía pequenos objetos. (O âmbar é a seiva endurecida de certas árvores).

– Em 1750, o inglês William Gilbert fez experiências semelhantes e, observando os mesmos efeitos, deu a este fenômeno o nome de eletricidade, a partir da palavra grega elektron, que quer dizer âmbar.

– A luz viaja tão rápido (cerca de 300.000 quilometros por segundo!) que vemos o clarão brilhante de um relâmpago instantaneamente. Mas precisamos esperar algum tempo para ouvir o trovão.

– 90% da eletricidade consumida no Brasil é gerada por usinas hidrelétricas, sendo a maior parte na usina de Itaipu.

– A usina de Itaipu é atualmente a maior do mundo, mas será em breve ultrapassada pela usina chinesa de Três Gargantas.

– As bolas alaranjadas e vermelhas colocadas nos fios de alta tensão que cruzam as rodovias, servem para sinalização visual para os pilotos das aeronaves, quando tiverem que utilizar as estradas para pousos de emergência.

– A média de consumo anual de energia elétrica de um brasileiro é de 1.760 kWh por ano, enquanto que a média mundial é de 2.200 kWh. Essa pequena diferença entre a média mundial e a brasileira é porque não foram levados em conta as particularidades de alguns países como os invernos extremamente rigorosos do Hemisfério Norte.

– Os maiores consumidores de energia elétrica são em 1º lugar os Estados Unidos, seguidos pelo Japão, China, Canadá, Alemanha, França, Inglaterra, Itália e Brasil. Sendo que o Estado Norte-Americano da Califórnia consome sozinho a mesma quantidade de energia elétrica consumida no Brasil.

 

Fonte – Mais que Curiosidade

Deixe um comentário

Digite os caractéres abaixo

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Rua José Pascowitch, 153 - Raposo Tavares - CEP 06149-070 - Osasco - SP - Telefone: (11) 3508-0900

Consultoria SEO