Construções fantasmas

28 de julho de 2014

Existem grandes construções fantasmas espalhadas pelo mundo. O que um dia foi o projeto de uma criação grandiosa, por excesso de ambição ou mau planejamento, acabou se transformando em espaços abandonados.

Confira abaixo algumas das mais famosas construções fantasmas que se tem notícia:

 

Metrô de Cincinatti

Cincinnati foi uma das cidades com maior crescimento territorial nos Estados Unidos, no início do século passado. Logo foi percebida a necessidade de um meio de transporte eficiente, e foi então, que iniciaram a construção de um metrô. Entretanto, a obra não pôde ser concluída, já que a estimativa de gastos chegava a US$ 12 milhões, enquanto o cofres públicos possuíam meros US$ 6 milhões.

Foram propostos diversos projetos no local, como uma discoteca, um abrigo nuclear e uma adega, mas nenhum foi adiante e o espaço continua inutilizado.

 

Shopping de Dongguan

Você sabia que há um enorme shopping fantasma na China? Construído na cidade de Dongguan com o objetivo de ser o maior shopping do planeta, os responsáveis apenas esqueceram que a maioria da população é formada por agricultores e trabalhadores de fábricas, com salários tão baixos que mal conseguiam satisfazer suas necessidades básicas.

 

Parque de Diversões Wonderland

A Disneylândia foi a inspiração para a construção de um grandioso parque temático na China, em um espaço localizado a 45 minutos de Shangai. Mas o projeto não pôde ser concluído, pois os camponeses da região entraram com ações judiciais impedindo a construção. E o que era para ser o maior parque de diversões do mundo, hoje não passa de assustadoras ruínas abandonadas.

 

Aeroporto Internacional Montreal-Mirabel

Com 397 quilômetros quadrados de área, quase tão grande quanto a cidade que o comporta, o Aeroporto Internacional Montreal-Mirabel, foi construído em 1975 para os Jogos Olímpicos daquele ano, em Montreal, Canadá.

Quando os jogos terminaram, o governo percebeu que a obra era incompatível com a realidade da população local. Hoje apenas uma pequena parcela do aeroporto é utilizada para o recebimento de cargas, enquanto o restante foi vendido para empresas privadas.

 

Base Militar de Okunoshima

A ilha de Okunoshima, localizada na costa do Japão, abrigou uma base militar secreta que fabricava armas químicas entre 1927 e 1945, durante a Segunda Guerra Mundial.

Hoje a ilha está aberta ao público, e possui um museu em memória das pessoas que trabalharam no local durante a Guerra. Contudo, os visitantes não estão autorizados a entrar na antiga fábrica devido ao alto risco de contaminação.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua José Pascowitch, 153 - Raposo Tavares - CEP 06149-070 - Osasco - SP - Telefone: (11) 3508-0900

Consultoria SEO