Burj Khalifa: o prédio mais alto do mundo

15 de abril de 2014 03-climber-post-burj

Localizado em Dubai, Burj Khalifa é considerado, atualmente, o prédio mais alto do mundo. Com 828 metros de altura ao longo de 160 andares, a criação do edifício foi iniciada em 21 de setembro de 2004 e finalizada em 04 de janeiro de 2010. O arquiteto responsável pela obra é Adrian Smith e a construção foi desenvolvia pela Samsung Engineering & Construction, da Coreia do Sul.

Com um orçamento total em torno de 1,5 bilhões de dólares, o arranha-céu era conhecido anteriormente como Burj Dubai, mas foi rebatizado devido ao empréstimo de 10 bilhões de dólares feito por Khalifa bin Zayed Al Nahyan, xeque do emirado de Abu Dhabi para evitar que o emirado de Dubai desse um calote em investidores de uma de suas principais companhias, a Dubai World.

A construção do Burj Khalifa envolveu diversos elementos e processos especiais a fim de possibilitar sua existência e garantir segurança. A empresa alemã Putzmeister criou uma nova bomba de concreto de alta pressão, a BSA 14000 SHP-D, especialmente para este projeto. Três guindastes de torre foram utilizados durante a construção dos níveis superiores. Cada um com a capacidade de levantar uma carga de 25 toneladas.

Com estrutura primária de betão reforçado, o Burj Khalifa utilizou mais de 45.000 metros cúbicos de concreto, pesando mais de 110.000 toneladas, que foram empregadas para a concepção da fundação de concreto e aço.

Foram usadas misturas especiais de concreto para suportar as pressões externas do peso do prédio. A consistência desse material foi algo muito bem pensado, pois era necessário um concreto que pudesse resistir às milhares de toneladas da estrutura do prédio e às temperaturas do Golfo Pérsico, que podem chegar a 50 °C. A solução encontrada foi não derramar o cimento durante o dia; no verão foi adicionado gelo à mistura que vertia durante a noite, quando o clima é mais frio e úmido. O concreto usado foi refrigerado uniformemente para que ficasse menos propenso a secar rapidamente e quebrar.

Não só o processo estrutural do prédio é peculiar e especial. Visto de cima, Burj Khalifa forma uma flor-de-lótus. E é possível avistar países vizinhos, como Irã e Omã do topo do edifício.

Deixe um comentário

Digite os caractéres abaixo

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Rua José Pascowitch, 153 - Raposo Tavares - CEP 06149-070 - Osasco - SP - Telefone: (11) 3508-0900

Consultoria SEO